Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Limpar-seu-ar-condicionado

DICAS simples e fáceis para limpar seu ar condicionado e mante-lo saudável, livre de vírus (H1N1), bactérias e fungos!

Neste artigo apresentaremos dicas simples e fáceis para manter o ambiente climatizado limpo e saudável, livre de virus, bactérias e fungos responsáveis por doenças respiratórias, como H1N1, Renite, Asma entre outras, transmitidas por condicionadores de ar com manutenção e limpeza deficientes.

Com as dicas de limpeza, evitamos a reprodução de colônias de bactérias, a formação de fungos e a transmissão de vírus, além de economizar  em função da redução de consumo de energia elétrica do seu ar condicionado.O principal sinal de alerta de que o local está contaminado são odores presentes nos ambientes. Veja mais sintomas de um ambiente contaminado para sua saúde neste link. 

Uma manutenção e limpeza pode ser dividida em 3 partes:

PARTE 1: filtros da evaporadora:

Os filtros da evaporadora em formato de tela, contém micro furos por meio dos quais circula o ar refrigerado/aquecido que se movimenta no ambiente. Este filtro, é o elemento mais importante na filtragem do ar do ambiente. Veja no video como proceder para a limpeza do filtro.

Para executar esta tarefa siga os passos:A limpeza deste filtro, simpes de ser executada, deve ser realizada trimestralmente e pode ser realizada facilmente por adulto. Não necessita de ajuda técnica especializada. Também não envolve riscos de acidentes e/ou choques elétricos.

1 – desconecte seu ar condicionado da rede elétrica;

2 – Utilize uma pequena escada firme, de 3 a 5 degraus para acessar a parte frontal da evaporadora;

3 – Abra a tampa frontal de seu ar condicionado, com cuidado, utilizando as duas mãos;

Atenção (cada modelo de equipamento tem suas particularidades, em alguns a abertura da tampa é do lado para cima, em outros (Samsung smart inverter) de cima para frente e com a tampa removível.

4 – com a tampa aberta, destaque os dois filtros frontais, puxando-os lentamente;

5 – Faça a lavagem dos mesmos, por meio de uma esponja e sabão neutro;

6 – Aguarde a secagem;

7 – Reinstale os filtros, deslizando-os sobre as guias laterais até a posição do seu encaixe.

8 – Feche a tampa frontal com cuidado;

PARTE 2: Limpeza e higienização da turbina ou rotor interno:

Este elemento do ar condicionado é responsável pela circulação do ar no ambiente. Necessita de uma limpeza com frequência anual e deve ser executado por técnico especializado. Veja no vídeo a seguir, uma das possibilidades de limpeza da unidade evaporadora.

Gostaria de colocar aqui um sinal de alerta para chamar todos nossos seguidores a verificarem o estado deste rotor em ambientes criticos como consultórios médicos, dentistas, no local de trabalho em nossa casa,  em locais publicos para enxergem o estado crítico que muitos equipamentos se encontram. Esta pequena ação elevará o nivel de responsábildade sobre a questão.

PARTE 3: Limpeza da condensadora e verificação de condições técnicas:

Este parte da operação de limpeza deve ser executada com frequencia anual por meio de um técnico especializado. Neste processo o especialista efetuará limpeza da condensadora, verificará o estado de algumas partes mecânicas, como compressor, ventilador, a presença de ruídos e efetuará a verificaçao das condições de trabalho, por meiodo teste de superaquecimento.

Atenção: Neste processo é importante salientar que o teste de superaquecimento é uma das melhores formas de identificar a carga correta de gás refrigerante. Queremos lembrar que em uma instalação bem executada não deverá haver perda de gás  muito menos necessidade de troca do mesmo por tempo de uso.

Conheça também neste link Como prevenir doenças respiratórias (H1N1, Asma, Branquite) em ambiente climatizado!

PS. Caso tenha alguma sugestão, dica ou rítica, entre m contato conosco pelo formulário ou pelo fone!

Artigos Relacionados

On-Grid X Off-Grid: Qual Escolher?

Sabe-se que, a partir de uma fonte limpa e renovável, é possível se ter energia sem a necessidade de rede elétrica! Fazendo com que nos tornemos capazes de ingressar na era da sustentabilidade.
Vamos lhe mostrar aqui, como isso é possível, com um sistema de energia solar fotovoltaica e, também, destacar a diferença entre dois tipos de tecnologia! Fique ligado!

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *