Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Conforto e Economia

Tenha um verdadeiro banho de hotel aí na sua casa!

 

A escolha da ducha que irá compor o seu banheiro deve ser bem analisada. Assim, você desfrutará de um bom momento e ainda economizará no final do mês

 

tomar banho de hotel

 

Chegar em casa cansado e poder desfrutar de um banho quente e relaxante é o sonho de muita gente, afinal, um bom banho tem o poder de renovar e reestabelecer as energias. Um dos equipamentos responsáveis por proporcionar esse bem-estar é o aquecedor de passagem, em função da sua flexibilidade, economia e facilidade operacional. Ele tornou-se um equipamento padrão para aquecimento de água, em casas, apartamentos e hotéis. Pode ser utilizado como fonte oficial ou complementar quando integrado ao sistema de aquecimento solar . Iremos abordar questões sobre os custos associados ao uso de equipamento e explicar como desfrutar de um banho quentinho e relaxante, a um custo mínimo. Também, você vai ver que um bom banho não está associado ao alto volume de vazão da sua ducha.

Vejamos!

COMO ESCOLHER A DUCHA CORRETA?

A escolha da ducha do seu chuveiro faz toda diferença na qualidade do banho e no custo associado ao consumo de água e gás. Elencamos algumas orientações para ajudar você a fazer a escolha correta. Para começar, é preciso analisar as variáveis importantes na hora da escolha:

– Pressão de água, em termos de metros de coluna de água (mca): Para proporcionar o funcionamento adequado de seu aquecedor de passagem, a pressão da água em metros de coluna de água deve ser superior a 10 e inferior a 40mca. Caso a pressão esteja abaixo, você tem duas opções: pressurizar toda a água que entra no imóvel, colocando uma bomba na saída da caixa de água ou pressurizar apenas a água quente, colocando uma pequena bomba na entrada do aquecedor.

A melhor solução sempre se encontra quando temos o equilíbrio dinâmico da rede de água dentro de casa, ou seja, quando a água fria tem a mesma pressão que a água quente. Essa solução é possível instalando um pressurizador na saída da caixa da água. Em condomínios verticais, a solução se dá instalando pressurizador na entrada do apartamento;

– Estação do ano, inverno ou verão: O consumo de gás no aquecedor de passagem também é impactado pela temperatura da água que entra no aquecedor. Por exemplo, no inverno a temperatura de entrada da água com frequência encontra-se inferior a 10 graus. Para elevá-la até o ponto de conforto, entre 39 e 45 graus é exigida uma maior potência do aquecedor. No verão, a temperatura de acesso da água está por volta de 22 graus. Dessa forma é exigido um menor poder calorífico para alcançar a temperatura ideal.

– Vazão do chuveiro: Esse é um ponto fundamental. Para exemplificar, apresentamos um caso.

Considerando:

Custo gás = Em torno de R$ 6,30/ kg

CASO 1: Chuveiro de vazão 5 litros por min:

 

Banho de hotel ducha 5 l/min

 

Como você pode observar na imagem acima, ao optar por uma ducha com vazão de 5 l/min, você vai ter um custo mínimo, tanto de gás quanto de água. À medida que você elevar a vazão de água, você necessita levar em consideração toda a estrutura associada, como: potência do aquecedor e custo do volume de água consumido.

CASO 2: Chuveiro de 25 l/min

Banho de hotel ducha 25 l/min

No gráfico da imagem acima, o custo associado é a uma ducha de vazão média alta. Assim, você terá um custo aproximado de R$ 9,50 por um banho de 25 min de duração. Com isso, percebe-se que aumentar a vazão da ducha não é a solução. Ela apenas eleva significativamente seus custos e não gera a satisfação que você procura. É preferível e mais econômico investir em um pressurizador do que em uma ducha de maior capacidade.

– Temperatura do banho: Para um banho confortável, a temperatura da água deve estar entre 39 e 45 graus Celsius. Essa temperatura proporciona o relaxamento muscular gerando satisfação. Existe uma pequena diferença entre a temperatura ideal para homens e mulheres. Elas em geral, preferem uma temperatura mais elevada;

– Satisfação no banho: A satisfação é obtida pela combinação ideal entre temperatura e pressão da água sobre o corpo. Desse modo, a musculatura relaxa e torna o banho confortável.

Analisando esses pontos, podemos concluir que a escolha de chuveiro de maior vazão, gera um impacto significativo nos custos fixos, porém isso não necessariamente garante a satisfação no banho. É preciso analisar outros pontos para realizar a melhor tomada de decisão.

Entre em contato e solicite seu orçamento! Temos certeza que vamos lhe oportunizar esse ótimo banho!

SOBRE NÓS

Somos uma empresa especializada em soluções para aquecimento de água e geração de energia elétrica solar. Desde julho de 2012 temos o objetivo de desenvolver tecnologias e soluções sustentáveis. Com produtos e serviços que aliam modernidade e funcionalidade, atendemos as demandas do mercado atual, de forma a gerar satisfação, economia e qualidade de vida às pessoas.

Como você pode observar na figura 03, importante analisar as curvas de vazão da ducha que você for escolher. Observar a curva levando em consideração a pressão da água em sua casa.

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *